sábado, 1 de maio de 2010

Um desabafo

Esta vida não é como eu alguma vez tinha imaginado se é que alguma vez imaginei como seria a minha vida.
Eu sei que o meu passado, presente e futuro só a mim pertence mas as vezes gostaria de poder saber o que vai acontecer no meu dia a dia (ou será que não?) sinceramente já não sei, o que eu sei é que temos que fazer bem as nossas escolhas para num futuro próximo não nos virmos arrepender das escolhas que fizemos no passado, ou porque tivemos medo ou porque não quisemos desiludir alguém, mas nós é que temos que viver com as consequencias nos nossos actos não é mais ninguém.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

A esta Pessoa



Tão importante em minha vida
Que sempre me ajuda
Nos momentos de dor
Nos momentos de conflito
Está sempre ao meu lado
Nunca desiste de mim
Nunca olha para os meus defeitos
Consegue enxergar em mim
O que nenhuma outra pessoa vê
Mesmo sem nunca Tê-lo visto
Eu serei sempre grata por tudo
Tu és Maravilhoso
Único
Verdadeiro
Substituí-lo
Ninguém pode
Pois igual jamais haverá
Te amo pelo que És
Pelo que Fizeste em minha vida
Por tudo
E por nada
Te amo
Acima de tudo e de todos
Pois ninguém
É mais importante do que Você
Jesus...
Pai
Amigo
Supremo Ser Incondicional
Te amo
E nunca cansarei de expor o meu amor por Ti.

nao sei explicar



Será que na vida não vive

Quem na vida já viveu?

Ou será que terá vida

Quem nesta vida sofreu?

Eu que morri e que vivo

Dentro do mundo que passou:

Nos versos que não morrerão,

Após rasgar a vida,

Irão lembrar quem chorou

E esta vida não viveu.

nuno fomaça

terça-feira, 27 de abril de 2010


Tens no rosado da face, um varal de ternura!
Nos olhos, duas lindas e esvoaçantes borboletas;
No sorriso, um mar tão calmo em candura,
Na alma, uma menina que viaja em cometas!

Tu és tão doce, como o mel que vicia!
Os lábios, as retinas dos sonhos de paz...
Tu és a menina que comunga poesia,
Toda vez que sorri com tua alma, e desfaz...

Os medos dos castelos sombrios...
Quando soltas o pólen dos teus dedinhos
Uma flor radiante, que não carrega espinhos!

A luz dos olhos teus é a mais bela canção,
Que o homem trouxe a esse mundo irmão,
Como criança, que as fadas conduzem seus caminhos!

domingo, 25 de abril de 2010

O poema de Paloma.



Ó Paloma,linda Paloma
que encanto és tu criança!
bela,belinha,de mais pura
beleza
veja que pureza és o teu amor!
sinta quão és louvado os seus dias!
agradeça aquela que um dia
recebeu sua vida, com grande amor!